Logo
  • Polícia prende quadrilha que planejava invadir o Maracanã A ação aconteceria no jogo entre Flamengo e Grêmio

    Na manhã desta terça-feira (22), agentes da Polícia Civil realizam uma operação para prender torcedores que planejavam uma invasão ao Maracanã durante o jogo do Flamengo e Grêmio pela semifinal da Libertadores. Foram expedidos cerca de 20 mandados de prisão temporárias que são cumpridos em diversas regiões do estado, como a Baixada Fluminense, Região dos Lagos, Niterói, além das zonas Norte e Sul do Rio. Ao menos 13 pessoas já foram presas. Outras 90 pessoas receberam intimações para não se aproximarem do estádio durante a partida.

     

    Segundo a polícia, o plano era organizado pelas redes sociais. A investigação monitorou as redes e detectou a movimentação de grupos que se organizavam para falsificar ingressos, roubar torcedores e invadir o estádio durante a partida desta quarta-feira.

     

    Em 2017, aconteceu uma situação similar também durante uma partida do Flamengo. Durante a final da Copa Sul-Americana entre o Rubro-negro e o Independiente, torcedores aproveitaram a confusão generalizada nos vários acessos ao estádio para invadir o Maracanã.

     

    Com base nessas informações, o perímetro de segurança em torno do estádio foi ampliado e o Batalhão Especial de Policiamento em Estádio (BEPE) aumentou o efetivo para 800 homens.


    fonte: www.osaogoncalo.com.br

     

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!